Jornal da Divisa
Neste você pode confiar!

Tesla demite 9% da força de trabalho em busca por lucro

0 0


Tesla corta funcionários para ter mais lucros com a produção do Model 3
Reuters/Mike Blake

A montadora de carros elétricos Tesla decidiu trinchar milhares de postos de trabalho para reduzir custos e tornar-se lucrativa sem malparar a evolução da produção do sedã Model 3.

Em email enviado aos funcionários, o presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, afirmou que os cortes são secção de uma simplificação na estrutura de gestão da montadora que tinha sido prometida no mês pretérito.

“Como parte deste esforço, e da necessidade de reduzirmos custos e nos tornarmos lucrativos, tomamos a difícil decisão de demitir cerca de 9 por cento de nossos colegas”, afirma o email.

“Estes custos são quase que inteiramente gerados por nossa equipe assalariada e nenhum dos funcionários da produção está incluído, então, isso não afetará nossa capacidade de alcançarmos as metas de produção do Model 3 nos próximos meses.”

A Tesla tem tentado atingir 5 milénio unidades do Model 3 produzidos por semana depois de ter enfrentado problemas na produção. Na semana passada, Musk afirmou que a montadora deverá atingir a marca até o final de junho.

“As demissões vão ajudar a empresa a atingir a lucratividade no curto prazo, mas não a sustentá-la”, disse Efraim Levy, exegeta da CFRA Research, se referindo aos gastos da Tesla para solevantar a produção.

A Tesla tem queimado caixa enquanto continua investindo em sua risco de produção e se preparando para novos projetos porquê o crossover Model Y e sua Gigafactory.

O fluxo de caixa livre da empresa ficou negativo em 1 bilhão de dólares no primeiro trimestre na presença de 277 milhões negativos no quarto trimestre, excluindo os custos de sistemas para a extensão de pujança solar.