Presidente da Juventus acusa a Uefa de perseguir italianos

O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, acusou a Uefa de perseguir os clubes italianos. O mandatário ficou revoltado com o pênalti marcado a favor do Real Madrid nos acréscimos da partida, eliminou a Velha Senhora da Liga dos Campeões na última quarta-feira.

Agnelli culpa o ex-árbitro Pierluigi Collina, funcionário da entidade responsável pela escala dos juízes nos torneios europeus.

– Por alguma razão, a vaidade dele está sistematicamente tentando nos provar que ele é parcial e continua escalando árbitros que são contra clubes italianos.

Na última quarta, no Santiago Bernabéu, a Juventus vinha fazendo o que parecia impossível: inverter o placar da ida, quando os Merengues venceram por 3 a 0, em Turim. E vencia pelo resultado que levaria à prorrogação até os 47 minutos do segundo tempo, quando o árbitro Michael Oliver marcou pênalti de Benatia em Lucas Vázquez. Após muita reclamação, Cristiano Ronaldo cobrou e garantiu a classificação do Real Madrid às semifinais da Liga dos Campeões.

VEJA O DISCURSO COMPLETO DE ANDREA AGNELLI

“Temos que nos acalmar e analisar a situação. Eu vejo uma série de países que implementou o VAR e vejo incidentes que aconteceram contra clubes italianos recentemente, como o pênalti no Cuadrado, Milan contra o Arsenal e Juve esta noite. Provando que nós absolutamente precisamos do VAR na Liga dos Campeões.

Não estamos falando de um ou dois pontos, mas de avançar numa competição gigante que traz tanto dinheiro e prestígio, não podemos permitir que esses incidentes aconteçam.

Por alguma razão, a vaidade do responsável pela arbitragem (Pierluigi Collina) está sistematicamente tentando nos provar que ele é parcial e continua escalando árbitros que são contra clubes italianos.

Não foi só a Juve, mas a Roma teve pênaltis não marcados contra o Barcelona, o Milan saiu da Liga Europa para o Arsenal, e nós hoje. Se existe um problema técnico e a Uefa não tem árbitros bons o bastante, deixe que nós os treinemos.

Quando estamos na fase mata-mata de um campeonato, nós temos que treinar árbitros rapidamente, colocar bons profissionais e ajudá-los a trazer o VAR.

O árbitro que fica atrás do gol não é a mesma coisa que um árbitro na frente de uma tela de vídeo. Se a Uefa não está pronta, então ela precisa treiná-los rápido, como o Campeonato Italiano fez. Como na Alemanha, em Portugal e outros lugares.

 

Terra

 

Comente sobre a notícia!