Gegê do Mangue foi morto por gerente de Marcola, diz bilhete

Presidente Venceslau – SP: Um bilhete encontrado na Penitenciária de Presidente Venceslau 2, a 600 quilômetros de São Paulo, diz que Gilberto Aparecido dos Santos, conhecido como Fuminho, foi o autor da morte de Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue. Fuminho é gerente do Marcola, o número um do PCC (Primeiro Comando da Capital).

De acordo com o bilhete, o motivo do assassinato do Gegê do Mangue é que ele estaria sendo punido por desviar dinheiro das operações que comandava pela faccção. Junto com Gegê, o comparsa Fabiano Alves de Souza, o Paca, também foi morto.

Comente sobre a notícia!