Jornal da Divisa
Neste você pode confiar!

Entenda a vermelhidão no rosto de Alisson, goleiro da seleção brasileira

0 5


Alisson brincou com a situação: “estou na puberdade”
Reuters/Hannah Mckay

Bastaram alguns minutos de entrevista para que a pele do goleiro Alisson, da Seleção Brasileira, virasse “o assunto” das redes sociais. O motivo: a vermelhidão nas bochechas e na testa do “muso” do time.

Durante a entrevista coletiva da última terça-feira (12), em seguida o primeiro treino do Brasil em Sochi, no Rússia, o jogador foi questionado sobre a situação e brincou: “Não me incomoda, não. Estou na puberdade.”

Leia também: Espanha demite técnico dois dias antes de estreia na Copa

Foi o suficiente para o Twitter ferver. Afinal, não é todo mundo que sofre com espinhas e continua sendo galã.

Muitos torcedores brincaram com o indumentária de também sofrerem com espinhas, mas sem a formosura do goleiro do Roma.

Alisson + espinhas = continua bonito

Eu + espinhas = mais mal-parecido que tombar com as mãos nos bolsos

— Michel Huidobro(@mixeuuuu) June12, 2018

Outros aproveitaram para comportar o problema, enfim, por que não eu?

Se até o Alisson da seleção sofre com espinha pq eu não posso né

— MartinxF.C TAISON (@jaomartinx_) June12, 2018

No término a melhor desenlace: qualquer um pode ser galã.

Consideram o Alisson galã e ele tem espinhas! Posso ser um galã também…

— o gêmeo de aparelho  (@bender_butten) June13, 2018

Homens adultos podem ter espinhas?

O problema da acne costuma ser mais associado aos adolescentes e às mulheres, mas também pode surgir de forma severa em homens. De harmonia com a dermatologista Michele Haikal, da Sociedade Internacional de Dermatologia, isso não é vasqueiro, pelo contrário, os homens, estatisticamente, são os mais afetados pelas formas mais graves de acne.

“A culpa é da transformação do hormônio testosterona em dihidrotestosterona, a DHT, que atua em todo o organismo de maneiras diferentes e aumenta a produção das glândulas sebáceas na pele. Essa transformação acontece por causa de uma enzima chamada de 5-alfa redutase, que é muito ativa em peles que têm propensão à acne”, explica a dermatologista.

Leia também: Os bastidores das fotos oficiais da seleção brasileira

De harmonia com Michele Haikal, a DHT também estimula as glândulas sebáceas e isso também contribui para o surgimento de espinhas, “porque deixa a pele com um nível alto de oleosidade”.

Existe também o fator estresse. Em momentos de muita tensão, o organização aumenta a produção de cortisol, publicado porquê hormônio do estresse. Isso estimula as glândulas sebáceas e aumenta a oleosidade da pele.

Mas, de harmonia com a dermatologista, um desportista profissional não costuma ter espinhas por justificação do cortisol.

“O cortisol também causa outros problemas como estrias e gordura abdominal, em um atleta profissional, o mais provável é que as espinhas surjam por causa da DHT, já que os exercícios e a própria musculação estimulam a produção de di-hidrotestosterona”.

Veja também: Craques tiram vaga em fotos oficiais da Copa do Mundo