Antes marcado por tranquilidade, interior de SP teve quase 80 mil assaltos em 2017

São Paulo – SP: A Secretaria de Segurança Pública divulgou um levantamento do número de assaltos à mão armada durante o ano de 2017. O número chegou a mais de 300 mil sendo que, desses, quase 80 mil são apenas no interior do Estado de São Paulo (SP).

Segundo o delegado Cledson Nascimento, da Delegacia de Investigações Gerais de Bauru (SP), os criminosos andam demonstrando preferência pelas cidades do interior por levarem a fama de um lugar mais “sossegado”.

“Nós percebemos principalmente isso quando a pessoa não se preocupa, inclusive, em tapar o rosto na hora do crime. Na prática do crime, há grande possibilidade de serem comparsas que chegam de outras regiões para roubar aqui em nossos municípios”, diz o delegado.

Ainda segundo informações da Polícia Militar, cada vez mais pessoas estão reagindo aos assaltos. De acordo com o comandante interino da PM, major Fabiano Serpa, reagir a este tipo de situação é uma das piores escolhas possíveis, “A vítima deve tentar perceber ao máximo ascaracterísticas do criminoso como a cor da roupa, uma tatuagem visível… E, o mais importante, é acionar a polícia o mais rápido possível”, afirma.

Casos de reação à assaltos são registrados pelas câmeras de segurança (Foto: Reprodução/Jornal Hoje)Casos de reação à assaltos são registrados pelas câmeras de segurança (Foto: Reprodução/Jornal Hoje)

Casos de reação à assaltos são registrados pelas câmeras de segurança (Foto: Reprodução/Jornal Hoje)

Casos recentes

Em Ourinhos (SP), duas joalherias foram assaltadas em menos de 24h. Em uma delas, o dono, que estava sob a mira de um revólver, entregou tudo o que tinha para o assaltante. Ao todo, foi um prejuízo de mais de R$ 7 mil. Segundo a vítima, o comerciante Valdecir Francisco, o prejuízo não é a pior coisa. “O problema é a cabeça da gente que fica depois, né?”, relata.

Já em Bauru (SP), o dono de uma loja de bebidas atirou em dois ladrões durante um assalto. Depois do disparo, ele ainda saiu correndo atrás dos criminosos. Um dos homens foi atingido e preso pela polícia.

Também em Bauru, uma idosa reagiu a um assalto em uma loja de conveniência tentando acertar os ladrões com a bengala. Um deles estava armado, mas ninguém ficou ferido.

Comente sobre a notícia!